Sábado chega uma nova instalação de luz e fogo

O ALUMIA terá na noite do próximo dia 27 de maio um novo momento de criação artística sob o tema da luz. “Porto Chama” é o nome da instalação produzida e executada pela companhia francesa Carabosse, que será apresentada no Largo do Amor de Perdição entre as 21 horas e a meia-noite. A visita é livre e todos estão convidados para esta experiência singular, especialmente desenhada para o Centro Histórico do Porto e para os seus mais variados públicos.

Acompanhadas por uma performance musical, as chamas da nova instalação iluminarão por uma noite o coração do Porto, levando o público numa viagem sensorial guiada pelo fogo e feita à luz da história da cidade. O espetáculo irá misturar objetos piroténicos controlados, num universo fantástico de anéis, cornucópias, arcos, baloiços, vasos e bolas de fogo.

O fogo será mesmo o principal instrumento utilizado pelos artistas, em diferentes formas e plataformas, e chegará ao Largo do Amor de Perdição e zonas circundantes numa altura do ano em que será inevitável a sua ligação simbólica aos balões de fogo do São João. Ao mesmo tempo, a atmosfera será invadida pelos sons criados pelo duo de músicos iZorel e BjoRt propositadamente para acompanhar a instalação.

Apesar da sua grande escala, a instalação não deixará de manter proximidade e intimidade com o público, caraterísticas do trabalho da companhia Carabosse.

Durante a noite de sábado será este o cenário onírico criado pelo coletivo artístico francês, cuja existência de duas décadas encontra um curioso paralelo com a missão do projeto ALUMIA: celebrar a efeméride dos vinte anos da classificação do Centro Histórico do Porto como Património Cultural da Humanidade.